quinta-feira, 12 de dezembro de 2013


                                                        (Fonte:Google imagens)




BEM-ME-QUER DA ESPERANÇA



A esperança é uma criança
Com asas, voa e avança
É flor de primavera
É quimera ,o som, a dança...

Há quem diga tantos versos
Há quem de viver sorri
Há quem só de parlendas vive
Há quem de trava línguas repetir...

Os contos, cantigas de roda
Eu quero sempre lembrar
As lendas , versos, histórias
Eu já posso imaginar...

Reis, príncipes, princesas e rainhas
No meu mundo vão morar
As portas do imaginário
Irão abrir para eu passar...

As fábulas ,versos ,poemas
Tomam forma, cheiro e cor
Cada uma é como a pétala
Da mais linda e fina flor...

A forma gráfica, cadência e ritmo
Faz meu corpo estremecer
No embalo das cantigas
O movimento, o jeito de ser...

Vão despetalando a vida
No jardim do bem querer
Das palavras proferidas
No fantástico mundo do saber.

Autora: Nilcemary Leal

Nenhum comentário:

Postar um comentário